Manutenção preventiva: como boas práticas no trânsito ajudam a reduzir gastos

Sabemos que o ramo de transportes é um meio que está sujeito a muitos imprevistos. Incidentes que podem atrapalhar o andamento das operações e atrasar a prestação de serviço.

Episódios que acontecem de modo repentino e podem ocorrer com qualquer pessoa. Sabendo disso, alguns gestores e administradores de frotas e logística procuram ser mais prevenidos e cautelosos, utilizando a Manutenção Preventiva.

Essa categoria de manutenção possibilita seguridade para as operações e para os motoristas. É uma ação planejada e sistemática de revisão, controle e monitoramento dos equipamentos. É feita periodicamente, com o objetivo de reduzir ou impedir falhas do veículo. É uma atitude indispensável para quem trabalha com frotas, pois um veículo defeituoso ou parado pode prejudicar de diversas formas o desempenho da empresa.

A manutenção aumenta a confiabilidade e leva o veículo a operar conforme o esperado. Age também na hora de preservar, prolongando a vida útil das peças, o que gera economia no custo total da operação e diminui os riscos de acidentes e defeitos.

E a telemetria tem papel fundamental para quem busca fazer manutenção preventiva. Essa tecnologia possuir maior precisão na hora de captar os dados do veículo. Diferente do rastreador simples, que se limita a registrar apenas localização.

O sistema de telemetria trabalha de forma automática de acordo com os padrões definidos pelo gestor da frota. Baseados nessas informações, o sistema irá analisar frequência dos serviços e histórico dos mesmos, qual a hora de realizar o atendimento, etc. Sendo alertado via e-mail e no painel do sistema, com antecedência, a respeito da necessidade de cada serviço.

E quais as vantagens? 

O processo de manutenção preventiva parece ser muito trabalhoso, porém os benefícios são maiores do que as desvantagens, todo trabalho que é recompensado. Reduz vários problemas, quando o defeito é diagnosticado no início, é mais fácil de se solucionar e gera menos danos ao veículo e suas peças.

Ela diminui o risco de acidentes que afere, tanto os trabalhadores quanto o meio ambiente, dribla possíveis quebras de produção e atrasos no desenvolvimento das empresas.

Prolonga o tempo de vida útil da máquina, quando um veículo apresenta problemas, seus componentes tendem a se desgastar mais, assim toda engrenagem interna é prejudicada, com a manutenção preventiva, o problema é solucionado com rapidez o que evita problemas em outras regiões da máquina.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.